TOEFL – 10 dicas para tirar Nota Máxima no Speaking

dicas speaking toefl

 

Se você está estudando para o TOEFL iBT e o seu objetivo é garantir a pontuação máxima na sessão de speaking, nós selecionamos algumas dicas infalíveis e estratégias de estudo que te ajudarão a chegar confiante no dia do teste e responder às perguntas usando o inglês adequado.

O speaking do TOEFL é uma das sessões mais temidas do exame, justamente porque estamos muito mais acostumados a exercitar o nosso inglês passivo (listening/reading) do que o nosso inglês ativo (speaking/writing).

Assistir séries, ler livros e ouvir podcasts podem te ajudar sim a melhorar o desempenho geral na prova, mas não são os exercícios mais recomendados para o desenvolvimento da prática ativa de speaking.

Aqui vão as nossas 10 dicas para tirar a nota máxima no speaking do TOEFL:

 

1

#1: Domine todos os tempos verbais do inglês

Apesar de as perguntas do TOEFL serem bastante abertas, cada um dos exercícios de speaking espera algo especifico do candidato em termos gramaticais e de vocabulário.

As perguntas sempre poderão ser respondidas usando tempos simples e corriqueiros, já que o exame abarca também níveis básicos e intermediários de experiencia com a língua.

MAS, se você quer tirar a pontuação máxima na sessão de speaking, a dica é dominar todos os tempos verbais do inglês! Só assim para saber quando tirar aquela carta da manga.

As cartas na manga são, é claro, os tempos perfeitos (inclusive os perfeitos progressivos), que exigem maior conhecimento dos verbos em particípio. Quem não fica impressionado com um falante que usa corretamente o past, present and future perfect?

 

2

#2: Domine as estruturas complexas

Conheça a fundo as possibilidades consideradas mais sofisticadas no inglês, como a voz passiva e o reported speech, que invertem as posições do sujeito ou do verbo, tornando a formulação da frase mais complexa.

Assim, ao invés de falar sobre o seu livro favorito desse modo: “____ wrote it in 1992”, você poderá dizer “it was written in 1992”… ou “it is said that the book…”.

 

3

#3: Saiba usar as três modalidades de condicionais

Saiba usar as três modalidades de condicionais: condicionais no passado, no presente e no futuro.

Algumas das questões de speaking do TOEFL podem te pedir para falar sobre cenários especulativos, como, por exemplo, ganhar na loteria ou viajar para qualquer lugar do mundo.

Resposta usando condicionais podem causar uma boa impressão nesse tipo de pergunta.

  • “If I won the lottery, I would be inclined to invest in a new business”
  • “If I had known that college would be so hard, I would have waited to applicate”

 

4

#4: Explore os verbos modais complexos

Conheça bem os verbos modais complexos. A ideia é ter mais possibilidades do que o can ou should quando as perguntas te pedirem para emitir uma opinião.

Se aprofunde no might, may, must ou mesmo nas versões: verbos modais + have (should have, might have, could have) para falar sobre coisas que não aconteceram no passado, mas poderiam ou deveriam ter acontecido.

 

5

#5: Pratique parafrasear as perguntas do TOEFL

O exercício consiste em reformular as perguntas do speaking usando outras estruturas da língua, o que te ajudará a praticar a “paráfrase”, isto é, dizer a mesma coisa usando outras palavras.

A paráfrase é um ótimo jeito de iniciar as respostas do speaking. Se a pergunta for: “Where would you most like to live?” (Onde você mais gostaria de morar?), um bom jeito de começar a responder é “If I had a chance to live anywhere in the world…” (Se eu tivesse a chance de morar em qualquer lugar do mundo…).

 

6

#6: Conheça os tipos de pergunta que encontrará

A sessão de speaking do TOEFL foi atualizada em 2019 e agora conta apenas com 4 perguntas.

A pergunta 1(independent task) poderá ser de dois tipos:

  • Perguntas pessoais: suas experiências, memórias, infância, família, lugares que mais gosta, hobbies, pessoas da sua vida/pessoas que te inspiram
  • Perguntas que te pedem para escolher entre duas opções: estudar sozinho ou em grupo, gastar ou investir, uniforme ou roupas casuais

 

As perguntas 2, 3 e 4 (integrated task) irão juntar habilidades de speaking com habilidades de leitura e escuta.

  • Pergunta 2: Escute uma conversa sobre problemas burocráticos acadêmicos (inscrição em disciplina, entrega de trabalho final, estágio) e comente o problema.
  • Pergunta 3: Escute uma aula sobre um tópico acadêmico e leia um trecho de um texto sobre o tema. Explique o tópico discutido e relacione aula e texto.
  • Pergunta 4: Escute uma aula sobre um tópico acadêmico e resuma o argumento central da aula e os exemplos dados.

 

7

#7: Não floreie as suas respostas

Lembre-se: o mais importante no TOEFL é soar o mais natural possível, portanto, não tente ser super formal ou super acadêmico em uma pergunta que está abordando tópicos familiares.

Ser direto e objetivo é também uma qualidade avaliada pelos examinadores. Se você contorna demais as questões, abrindo muitas vírgulas no meio de fala sem nunca terminar uma ideia, as chances são altas de haver problemas de compreensão ou de perder pontos em coesão e coerência.

Use sentenças curtas e exprima as suas ideias com clareza.

 

8

#8: Não faça brincadeiras ou piadas, evite as gírias e os idiomas

Pode parecer claro para alguns, mas quem nunca tentou parecer mais “fluente” usando gírias e expressões em inglês? Evite.

Evite também usar muitos phrasal verbs, o que pode carregar as sentenças e soar estranho em certos contextos.

 

9

#9: Desenvolva sua pronúncia e o ritmo da sua fala

Você não quer soar como um robô na sua gravação do TOEFL, certo?

Treine sonoridades que são específicas do inglês, como o TH. Faça isso usando os famosos “tongue twisters” (trava-línguas).

Conheça os sons considerados “voiced” ou “voiceless” no inglês, o quer dizer que em alguns casos o som será emitido e em outros será apenas vibrado ou soprado.

Você pode praticar lendo poesias e textos em voz alta. Use áudio books para acompanhar a leitura de um nativo. Tente imitar a sonoridade da voz, o ritmo, as ênfases. Imagine que você está cantando a língua e não apenas falando.

 

10

#10: Trabalhe com o que você tem

Se a sua prova está aí e você não conseguiu se preparar, não tente decorar frases de última hora para usar nas suas respostas. Trabalhe com o que tem e garanta as suas respostas usando os recursos que já desenvolveu.

Mais vale um pássaro na mão do que dois voando, né? Não perca pontos tentando tornar suas respostas mais difíceis.

 

 

Site de inscrição no teste TOEFL

 

 

Posts recentes